O homem que aprendeu o Brasil: A vida de Paulo Rónai,

Ana Cecilia Impellizieri Martins

O retrato de um intelectual húngaro que marcou para sempre a cultura brasileira

O livro

Europa, 1940. Milhões de judeus estão condenados. Não há saída: o resto do mundo não os quer. Brasil 1941. Um jovem intelectual judeu, Paulo Rónai, chega à segurança do Brasil com o impossível visto legalmente obtido. Como o conseguiu? A resposta é tão inusitada quanto sua vida e carreira, narradas com elegância por Ana Cecilia Impellizieri Martins. O que valeu a Rónai o salvo-conduto foi aprender português sozinho e publicar, às vésperas da guerra, uma antologia de poesia brasileira que reunia Bandeira, Cecília Meirelles, Mário de Andrade e Drummond (alguns deles se tornariam seus amigos). No Brasil, Rónai tornou-se brasileiro, um dos grandes intelectuais brasileiros do século XX.

Por que publicamos

O retrato de um intelectual húngaro que marcou para sempre a cultura brasileira.

A autora

Ana Cecilia Impellizieri Martins é jornalista, mestre em história e doutora em literatura brasileira. É autora de JEAN MANZON: RETRATO DA GRANDE AVENTURA; e coorganizadora de AS DESCOBERTAS DO BRASIL e HISTÓRIA DO BRASIL EM 100 FOTOGRAFIAS.

trecho

Trecho do livro

Paulo era alguém verdadeiramente interessado no outro. “Amor e medo se excluem reciprocamente, daí a razão da desesperada procura do amor para viver sem medo”, ele ouviu um dia do amigo e pintor romeno Emeric Marcier, também exilado no Brasil. No fim de seu primeiro ano em uma terra tão distante da sua, Paulo podia se sentir inserido em um círculo de amigos. Sua biblioteca estava repleta de livros brasileiros com dedicatórias afetuosas e manifestações de admiração. Sua mesa de trabalho vivia movimentada pela produção de artigos, traduções e roteiro de aulas de idiomas. Já havia aberto até mesmo uma nova pasta para acomodar as corres [leia mais]

GÊNERO Não ficção brasileira
CAPA Flávia Castanheira
FORMATO 13,5 × 20,8 × 2,4 cm
PÁGINAS 384 PESO 0,500 kg
ISBN 978-65-80309-81-8
ANO DE LANÇAMENTO 2020

O que estão falando sobre o livro

“O leitor tem em mãos o feliz resultado de uma afinidade eletiva. Paulo Rónai e Ana Cecilia Impellizieri Martins se aproximam no amor pela leitura e pelos livros.”
Eduardo Jardim

doo.is