O homem que aprendeu o Brasil: a vida de Paulo Rónai,

Ana Cecilia Impellizieri Martins

O retrato de um intelectual húngaro que marcou para sempre a cultura brasileira

O livro

Europa, 1940. Milhões de judeus estão condenados. Não há saída: o resto do mundo não os quer. Brasil 1941. Um jovem intelectual judeu, Paulo Rónai, chega à segurança do Brasil com o impossível visto legalmente obtido. Como o conseguiu? A resposta é tão inusitada quanto sua vida e carreira, narradas com elegância por Ana Cecilia Impellizieri Martins. O que valeu a Rónai o salvo-conduto foi aprender português sozinho e publicar, às vésperas da guerra, uma antologia de poesia brasileira que reunia Bandeira, Cecília Meirelles, Mário de Andrade e Drummond (alguns deles se tornariam seus amigos). No Brasil, Rónai tornou-se brasileiro, um dos grandes intelectuais brasileiros do século XX.

Por que publicamos

O retrato de um intelectual húngaro que marcou para sempre a cultura brasileira.

A autora

Ana Cecilia Impellizieri Martins é jornalista, mestre em história e doutora em literatura brasileira. É autora de JEAN MANZON: RETRATO DA GRANDE AVENTURA; e coorganizadora de AS DESCOBERTAS DO BRASIL e HISTÓRIA DO BRASIL EM 100 FOTOGRAFIAS.

GÊNERO Não ficção brasileira
CAPA Flávia Castanheira
FORMATO 13,5 × 20,8 × 2,4 cm
PÁGINAS 384 PESO 0,500 kg
ISBN 978-65-80309-81-8
ANO DE LANÇAMENTO 2020

O que estão falando sobre o livro

“O leitor tem em mãos o feliz resultado de uma afinidade eletiva. Paulo Rónai e Ana Cecilia Impellizieri Martins se aproximam no amor pela leitura e pelos livros.”
Eduardo Jardim

Full Squad