O livro dos jovens
de todas as gerações.

 

"Se você quer mesmo ouvir a história toda, a primeira coisa que você deve querer saber é onde eu nasci, e como que foi a porcaria da minha infância, e o que os meus pais faziam antes de eu nascer e tal, e essa merda toda meio David Copperfield, mas eu não estou a fim de entrar nessa, se você quer saber a verdade."

O LIVRO

É Natal, e Holden Caulfield conseguiu ser expulso de mais uma escola. Com uns trocados e seu indefectível boné vermelho de caçador, o jovem traça um plano incerto: vagar três dias por Nova York, adiando a volta à casa dos pais. Seus dias e noites serão marcados por encontros confusos, e ocasionalmente comoventes, brigas e dúvidas que irão consumi-lo. Acima de tudo, paira a inimitável voz de Holden, o adolescente raivoso e idealista que quer desbancar o mundo dos "fajutos", num turbilhão de ressentimento, humor, frases lapidares, insegurança, bravatas e rebelião juvenil. Esta edição brasileira tem tradução de Caetano W. Galindo e, pela primeira vez, traz a capa original de seu lançamento.

Por que publicamos

Um dos romances mais revolucionários do século XX, é a representação definitiva da juventude na literatura. Com mais de 70 milhões de cópias vendidas desde seu lançamento em 1951, o livro influenciou e marcou gerações com sua visão crua da adolescência, sua prosa ágil e desbocada e seu humor feroz e anárquico.

O AUTOR

J. D. Salinger nasceu em 1919, em Nova York, nos Estados Unidos. É autor de O APANHADOR NO CAMPO DE CENTEIO (1951), NOVE HISTÓRIAS (1953), FRANNY & ZOOEY (1961) e de PRA CIMA COM A VIGA, CARPINTEIROS & SEYMOUR - UMA INTRODUÇÃO (1963). Sua última história foi publicada na revista New Yorker em 1965. Morreu em 2010 em Cornish, New Hampshire.

GÊNERO Ficção estrangeira
TRADUÇÃO Caetano W. Galindo
CAPA E. Michael Mitchell
FORMATO 13,5x20,8x1,6 cm
PÁGINAS 256 PESO 0,315 kg
ISBN 978-65-80309-03-0
ANO DE LANÇAMENTO 2019

CARTA AO LEITOR BRASILEIRO

É um imenso prazer convidar os leitores brasileiros a descobrir (ou redescobrir!) os quatro livros de meu pai, J. D. Salinger. Pela primeira vez em décadas, eles serão publicados no Brasil por uma mesma editora, e em novas traduções. Acabo de voltar de uma viagem de duas semanas à China, onde fiquei emocionado e cheio de entusiasmo ao descobrir em primeira mão que os leitores chineses se importam, de forma apaixonada e profunda, com meu pai e seus personagens. Literalmente do outro lado do mundo, centenas de leitores de escolas e universidades, e mesmo gente mais velha, vieram me falar, do fundo do coração, como os livros do meu pai ainda soam relevantes e repletos de frescor. São obras que não apenas os fizeram rir ou pensar: os livros desempenharam um papel único e determinante na vida de cada um. Espero que você também se sinta assim.

Da mesma maneira como o Sr. Antolini, o conselheiro de Holden Caulfield em O APANHADOR NO CAMPO DE CENTEIO, meu pai acreditava que podemos aprender com quem já refletiu sobre as grandes e pequenas questões que nos confundem, envergonham e desafiam. Essas pessoas deixaram para trás “registros” a partir dos quais podemos aprender. Fico orgulhoso ao perceber que agora meu pai é uma delas. Ele via a leitura como uma aventura, uma exploração – às vezes eletrizante – na qual nos deparamos com fatos úteis e ideias que podem transformar nossa vida pessoal. Não nos sentimos, então, apenas encorajados e amparados (sabendo que outras pessoas sentiram o mesmo), mas também, em certo grau, iluminados. Meu pai buscou amor, humor, estilo e inteligência em suas aventuras literárias. Espero que você, caro leitor brasileiro, possa encontrar isso e muito mais nas páginas dos livros dele.
Matt Salinger

PRÓXIMOS LANÇAMENTOS NA TODAVIA

• NOVE HISTÓRIAS
• FRANNY & ZOOEY
• PRA CIMA COM A VIGA, CARPINTEIROS & SEYMOUR - UMA INTRODUÇÃO (título provisório)

Full Squad