Guerra contra a paz,

Ronan Farrow

O declínio da diplomacia americana por um dos grandes repórteres atuais

O livro

Em uma investigação fascinante pelos corredores do poder em Washington, passando por lugares como Afeganistão e Coreia do Norte, Ronan Farrow traz a lume as mudanças catastróficas na política externa americana. Baseado em documentos inéditos e enriquecido por entrevistas exclusivas com lideranças políticas como Henry Kissinger, Hillary Clinton e Rex Tillerson, GUERRA CONTRA A PAZ é um retrato poderoso de uma profissão à beira da extinção.

Por que publicamos

O livro definitivo sobre o declínio da diplomacia americana por um dos grandes repórteres atuais.

O autor

Ronan Farrow é um dos mais importantes jornalistas investigativos dos EUA. Venceu o Prêmio Pulitzer em 2018 por revelar o caso Weinstein (que impulsionou o #MeToo), e ficou entre as cem pessoas mais influentes pela Time.

trecho

Trecho do livro

A energia elétrica foi interrompida, como acontece com frequência em Islamabad, e a sala escureceu. Mas o laptop dispunha de bateria e o ativista de direitos humanos que eu fora encontrar virou-o na minha direção. Um vídeo tremeluziu na tela. A imagem tremia, sub-repticiamente captada à distância. Seis jovens tropeçavam em uma área arborizada, vendados, mãos amarradas atrás das costas. Usando as tradicionais kurtas, não se pareciam com guerrilheiros. Soldados trajando uniformes do Exército paquistanês os conduziram para uma clareira e os alinharam em frente a um muro de pedra. Um oficial barbado mais velho, talvez um comandante, ap [leia mais]

GÊNERO Não ficção estrangeira
TRADUÇÃO Sergio Mauro Santos Filho
CAPA Pedro Inoue
FORMATO 14x21x3,1 cm
PÁGINAS 480 PESO 0,600 kg
ISBN 978-85-88808-99-7
ANO DE LANÇAMENTO 2019

O que estão falando sobre o livro

“Apenas um jornalista tão incisivo e corajoso como Farrow poderia ter escrito este livro — e todos nós deveríamos lhe ser gratos por isso. Uma leitura obrigatória.”
Time

“Um dos livros mais importantes do nosso tempo.”
Walter Isaacson, autor de STEVE JOBS

“Uma mistura cativante de análise política e relato pessoal.”
The Guardian

Full Squad