A vegetariana,

Han Kang

Uma introdução à fecunda literatura produzida na Coreia do Sul

O livro

“Eu tive um sonho”, diz Yeonghye, e desse sonho de sangue e escuros bosques nasce uma recusa radical: deixar de comer, cozinhar e servir carne. É o primeiro estágio de um desapego em três atos, um caminho muito particular de transcendência destrutiva que parece infectar todos à sua volta. A VEGETARIANA tem sido apontado como um dos livros mais importantes da ficção contemporânea. Uma história sobre rebelião, tabu, violência e erotismo escrita com a clareza atordoante das melhores e mais aterradoras fábulas. A tradução, diretamente do coreano, restitui o estranhamento do original.

Por que publicamos

A VEGETARIANA tem sido apontado como um dos livros mais importantes da ficção contemporânea – e uma introdução à fecunda literatura produzida na Coreia do Sul.

A autora

Nascida na Coreia do Sul em 1970, Han Kang tem diversos livros publicados. Tornou-se universalmente conhecida com A VEGETARIANA, tendo sido traduzida para vários idiomas e recebido diversos prêmios.

GÊNERO Ficção estrangeira
TRADUÇÃO Jae Hyung Woo
CAPA Pedro Inoue
FORMATO 14x21x1,1 cm
PÁGINAS 176 PESO 0,240 kg
ISBN 978-85-88808-28-7
ANO DE LANÇAMENTO 2018

O que estão falando sobre o livro

“Um pequeno romance sobre sexualidade e loucura que merece seu grande sucesso.”
Ian McEwan

“A VEGETARIANA é um dos melhores romances que eu já li em anos. É incrível, ousado e incrivelmente emocionante. Adorei.”
Laura van den Berg

Full Squad