O bom filho,

You-jeong Jeong

Um thriller sombrio e surpreendente escrito por uma das maiores autoras coreanas da atualidade.

O livro

Jovem nadador com um futuro brilhante, Yu-jin vê sua carreira interrompida pela epilepsia. Numa manhã qualquer desperta sentindo cheiro de sangue. Tudo indica que tenha sofrido um ataque epiléptico, mas, ao percorrer o apartamento, encontra o corpo da mãe. Aos poucos, sua memória vai voltando, e ele lembra de tê-la ouvido chamar seu nome, embora não saiba se ela pedia ajuda ou se tentava salvar a própria vida. Começa assim a busca desesperada para esclarecer o que ocorreu, mas o passado esconde armadilhas mais tenebrosas do que ele pode prever. Fenômeno literário que rendeu à autora o apelido de “Stephen King coreana”, O BOM FILHO é um mergulho no que há de mais sombrio na alma humana.

Por que publicamos

Um thriller sombrio e surpreendente escrito por uma das maiores autoras coreanas da atualidade, O BOM FILHO é um romance perturbador em que o terror se esconde onde menos se espera.

O autor

You-jeong Jeong nasceu em 1966, na Coreia do Sul. Publicou quatro romances e é uma das mais célebres autoras de thrillers do país.

trecho

Trecho do livro

Hae-jin desligou. Sentei na cama, coloquei o fone no gancho sobre o criado-mudo e apanhei o controle remoto da iluminação elétrica. A luz branca da lâmpada LED explodiu acima da minha cabeça e, no mesmo instante, um grito explodiu em meus ouvidos. “Yu-jin!” Era a voz de minha mãe. Olhei ao meu redor, e a respiração entalou na garganta. Engasguei-me com saliva e tive um acesso de tosse. Bati no peito, lacrimejando, e caí de bruços na cama. Na época em que era atleta, logo depois de ganhar a medalha de ouro em mil e quinhentos metros numa competição de natação, um repórter de jornal me perguntou: “Qual é o seu ponto forte?”. Respon [leia mais]

GÊNERO Ficção estrangeira
TRADUÇÃO Jae Hyung Woo
CAPA Pedro Inoue
FORMATO 14x21x1,9 cm
PÁGINAS 288 PESO 0,370 kg
ISBN 978-85-88808-51-5
ANO DE LANÇAMENTO 2019

O que estão falando sobre o livro

“A resposta coreana a Stephen King.”
Cosmopolitan

Full Squad