Mérito ,

Rachel Cusk

O terceiro e último volume da aclamada trilogia de Rachel Cusk

O livro

Faye está no avião, e os admiradores da trilogia de Rachel Cusk não têm dúvida alguma de que o passageiro da poltrona ao lado vai contar uma história. MÉRITO, último romance da série, retoma a cena de abertura do primeiro, ESBOÇO, para desenrolar a partir dali novas histórias costuradas por sua discreta narradora. Ao reproduzir histórias alheias, instigar reflexões em torno de autoria, subjetividade e parcialidade dos relatos, MÉRITO intensifica o impressionante controle narrativo que marca toda a série. E Rachel Cusk, com o fim da aclamada trilogia, prova ter forjado um caminho próprio na história da ficção, consolidando-se como uma das mais importantes escritoras da atualidade.

Por que publicamos

No terceiro e último volume da aclamada trilogia, Rachel Cusk prova ter forjado um caminho próprio na história da ficção.

A autora

Rachel Cusk nasceu em 1967 e é autora de diversos romances. ESBOÇO (2014), TRÂNSITO (2016) e MÉRITO (2018) formam uma das trilogias de maior sucesso da literatura atual.

trecho

Trecho do livro

O homem ao meu lado no avião era tão alto que não cabia na poltrona. Seus cotovelos escapavam por cima dos descansos de braço e os joelhos estavam prensados contra a poltrona da frente, fazendo a pessoa sentada nela olhar para trás irritada toda vez que ele se mexia. O homem se contorceu, tentando cruzar e descruzar as pernas, e sem querer chutou a pessoa à sua direita. “Desculpe”, falou. Passou alguns minutos sentado sem se mexer, respirando profundamente pelas narinas com as mãos fechadas no colo com força, mas em pouco tempo ficou inquieto e voltou a tentar mexer as pernas, fazendo a fila inteira de poltronas na sua frente sacu [leia mais]

GÊNERO Ficção estrangeira
TRADUÇÃO Fernanda Abreu
CAPA Rodrigo Corral
FORMATO 13,5 × 20,8 × 1,2 cm
PÁGINAS 192 PESO 0,260 kg
ISBN 978-65-5692-122-8
ANO DE LANÇAMENTO 2021

O que estão falando sobre o livro

“MÉRITO atinge uma espécie de perfeição formal. [...] Cusk triunfou na conclusão desta trilogia magistral.”
Sally Rooney, Slate

“A trilogia me parece um arranha-céu novo, robusto, moderno, vigoroso no horizonte literário.”
Dwight Garner, The New York Times

“MÉRITO é uma demonstração de rigor, elegância e raiva, realizada por uma voz narrativa que é tanto humilde quanto presunçosa, insistente e intimidadora.”
Merve Emre, Harper’s Magazine

doo.is