Vento vadio: As crônicas de Antônio Maria,

Antônio Maria

Um dos nossos grandes autores está de volta à praça — dessa vez em definitivo

O livro

Esta antologia, concebida e organizada pelo escritor e pesquisador Guilherme Tauil, ajuda a colocar Antônio Maria nesse panteão dos clássicos da crônica. Em 185 textos, a grande maioria inédita em livro, o leitor de hoje pode fazer uma viagem ao passado — e voltar com a certeza da atualidade de um autor que escrevia com bossa e inteligência singulares. Pois, entre crônicas sobre a noite carioca, os amigos e as agruras de amores reais e impossíveis, descortina-se um outro Maria, pouco entrevisto nas seleções produzidas depois de sua morte: sua origem numa rica família pernambucana que perdeu tudo com a falência dos engenhos e o preconceito com nordestinos na então capital política e cultural.

Por que publicamos

Um dos grandes nomes da “era de ouro” da crônica, Antônio Maria retorna com toda a sua grandeza nesta seleção com seus melhores textos. Um clássico redescoberto da literatura brasileira.

O autor

Antônio Maria nasceu no Recife, em 1921. Radialista, compositor de inúmeros clássicos da música popular, comentarista esportivo e cronista, foi uma das figuras mais atuantes na cultura brasileira das décadas de 1950 e 1960. Morreu no Rio de Janeiro em 1964, aos 43 anos, de infarto do miocárdio.

GÊNERO Não ficção brasileira
CAPA Mariana Newlands | Santídio Pereira
FORMATO 13,5 × 20,8 × 2,8 cm
PÁGINAS 469 PESO 0,615 kg
ISBN 978-65-5692-210-2
ANO DE LANÇAMENTO 2021
doo.is