Tumulto,

Hans Magnus Enzensberger

Um comovente exame da turbulenta década de 1960

O livro

Em TUMULTO, Enzensberger oferece suas memórias dos anos 1960, época cuja agitação política prenunciava uma revolução não só nos regimes de governo, mas também na cultura de diversos países. Da literatura à política, da história à sociologia, o autor narra experiências vividas no circuito da oficialidade militante, em que o seu olhar preciso e irônico revela as contradições entre utopia e autoritarismo que marcaram o espírito daquele tempo.

Por que publicamos

Testemunho do maior nome vivo da literatura alemã sobre um momento complexo e pouco compreendido da história recente.

O autor

Hans Magnus Enzensberger nasceu na Bavária, em 1929. Um dos mais prestigiados intelectuais europeus contemporâneos, lançou seu primeiro livro, DEFESA DO LOBO [tradução livre], em 1957, uma coletânea de poemas com a qual ganhou notoriedade pelo tom de revolta política. Aos 33 anos, recebeu o prêmio Büchner, o mais prestigiado prêmio literário da língua alemã.

trecho

Trecho do livro

Noite com gatos escaldados. O Bundespresseamt convida uma série de autores latino-americanos. O funcionário responsável desenvolve um programa de visitas que quase não difere do das delegações soviéticas. Há os pequenos vouchers habituais para o café da manhã e o jantar, intermináveis passeios de ônibus para ver vacas de Holstein ou uma fábrica de automóveis. Também foram previstas entrevistas, colóquios e recepções. A composição da “delegação” é curiosa. Os participantes se empenham em ser gentis, mas não é só o caso de Padilla que está latente aqui. Outros contrastes políticos são ainda piores. Um secretário argentino pálido, de p [leia mais]

GÊNERO Não ficção estrangeira
TRADUÇÃO Sonali Bertuol
CAPA Bloco Gráfico
FORMATO 14x21x1,8 cm
PÁGINAS 264 PESO 0,340 kg
ISBN 978-85-88808-93-5
ANO DE LANÇAMENTO 2019

O que estão falando sobre o livro

“Este livro é uma obra-prima sem igual.”
Helmut Böttiger, Deutschlandradio Kultur

“Enzensberger é o escritor do pós-guerra mais importante que você jamais leu.”
London Review of Books

“Que grande livro!”
Frankfurter Allgemeine Zeitung

Full Squad