Slumberland,

Paul Beatty

Amor, sexo, raça e uma viagem sônica pelas ruas de Berlim

O livro

Ferguson Sowell acabou de compor a batida perfeita. Especialista em trilhas sonoras para o cinema pornô, finalmente chegou ao que chama de sua Mona Lisa: uma batida que é o resumo da própria existência humana. Mas ainda falta algo para que ele atinja os píncaros da imortalidade artística: uma colaboração do jazzista Charles Stone, que desapareceu na Alemanha nos anos 1960. Sua única pista o leva a Berlim e ao bar Slumberland.

Por que publicamos

Um livro sobre amor, sexo e raça por uma das grandes vozes da nova ficção americana.

O autor

Paul Beatty nasceu em Los Angeles, em 1962. É autor dos romances O VENDIDO (Todavia, 2017), TUFF e THE WHITE BOY SHUFFLE. Atualmente mora em Nova York.

GÊNERO ficção estrangeira
TRADUÇÃO Rogerio W. Galindo
CAPA Pedro Inoue
FORMATO 13,5x20,8x1,7 cm
PÁGINAS 272 PESO 0,360kg
ISBN 978-65-80309-33-7
ANO DE LANÇAMENTO 2019
Full Squad