Afetos ferozes,

Vivian Gornick

Uma verdadeira obra-prima entre os livros de memórias

O livro

A história de um elo delicado e muitas vezes exaustivo, a crônica de uma ligação que define e limita ao mesmo tempo. O retrato de uma sociedade e de uma era em que as mulheres começaram a se tornar protagonistas de suas histórias. Crítica, jornalista e ensaísta experiente, Gornick perambula pela Manhattan da década de 1940 com sua mãe idosa. Ao longo desses passeios repletos de lembranças, reprimendas e cumplicidades, conhecemos a história da luta de uma filha para encontrar o seu lugar e a sua voz no mundo. Escrito com uma clareza atordoante que fascina desde a primeira linha, AFETOS FEROZES coloca a família, a palavra escrita e a força inesgotável das mulheres como grandes protagonistas.

Por que publicamos

Lançado em 1987, é uma verdadeira obra-prima entre os livros de memórias. Um clássico dos nossos dias.

A autora

Vivian Gornick nasceu em Nova York, em 1935. Autora de diversos livros de ensaios, memórias e biografias, é uma das lendas vivas do jornalismo feminista norte-americano.

trecho

Trecho do livro

Meu relacionamento com minha mãe não é bom, e à medida que nossas vidas se acumulam, muitas vezes dá a impressão de piorar. Estamos presas num estreito canal de familiaridade, intensa, que nos prende uma à outra. Às vezes se passam anos seguidos de exaustão, em que ocorre uma espécie de abrandamento entre nós. Depois a raiva vem de novo à tona, quente e nítida, erótica em seu poder de exigir atenção. Neste momento as coisas não vão bem entre nós. Minha mãe “lida” com esses períodos em que as coisas não vão bem entre nós me acusando em voz alta e publicamente da verdade. Basta ela me ver para dizer: “Você me detesta. Você sabe que me [leia mais]

GÊNERO Não ficção estrangeira
TRADUÇÃO Heloisa Jahn
CAPA Flávia Castanheira
FORMATO 13,5 × 20,8 × 1,3 cm
PÁGINAS 208 PESO 0,275 kg
ISBN 978-65-80309-48-1
ANO DE LANÇAMENTO 2019
doo.is