A tensão superficial do tempo,

Cristovão Tezza

O novo e urgente romance de um dos maiores escritores contemporâneos brasileiros

O livro

Cândido é especialista em piratear filmes. No entanto, sua atividade oficial é dar aulas de química em um cursinho, onde tem participação societária. Curitiba ainda vive sob os efeitos das operações policiais que colocaram a cidade no centro da crise política que assola o país, efeitos que Cândido sente no seu dia a dia. Sentado em um banco de parque, Cândido vê as pontas se encontrarem: o fim amargo do casamento, as pretensões profissionais esmagadas, o novo afeto negado, a vida que se dissolve num caldo de guerra política e social. Neste novo romance, Tezza usa o momento recente do país para investigar os pontos de contato entre público e privado, política e intimidade, desejo e solidão.

Por que publicamos

No auge de sua forma como ficcionista, Cristovão Tezza usa o momento recente do país para investigar os pontos de contato entre público e privado, entre política e intimidade, entre desejo e solidão.

O autor

Cristovão Tezza nasceu em Lages, Santa Catarina, em 1952. Um dos mais celebrados autores brasileiros contemporâneos, traduzido para mais de quinze países, é autor de vários romances, entre eles O FILHO ETERNO, que recebeu os prêmios Jabuti e Portugal Telecom. Dele, a Todavia publicou A TIRANIA DO AMOR (2018), finalista dos prêmios São Paulo, Jabuti e Oceanos.

trecho

Trecho do livro

Sou pirata da internet por causa da minha mãe, e ele sorriu ao lembrar do sorriso tranquilo da Líria, e quase acrescentou, há uma química entre nós, fechando a apostila, lição um, “O estudo da matéria”. Um trocadilho e uma frase ambígua: pela ambiguidade, e talvez pela sua mãe, você perdeu sua primeira mulher, ou, melhor dizendo (a autoestima é um treino, disse-lhe Batista uma vez; não cai do céu), ela perdeu você, como consolou sua mãe, sem lamentar muito, na verdade com um discreto ricto de triunfo, uma espécie de até que enfim, a infelicidade tem um limite, nem que seja minutos antes da morte — de que filme era essa frase? — Min [leia mais]

GÊNERO Ficção brasileira
CAPA Elaine Ramos
FORMATO 13,5 × 20,8 × 1,7 cm
PÁGINAS 272 PESO 0,350 kg
ISBN 978-65-5692-022-1
ANO DE LANÇAMENTO 2020
doo.is