Acre,

Lucrecia Zappi

Narrado com engenho e precisão, o romance de Lucrecia Zappi mergulha o leitor numa realidade urbana sufocante e hostil.

O livro

A solidez do casamento de Oscar é ameaçada pela volta de Nelson, ex-namorado de sua mulher e desafeto dos tempos de juventude. Recém-chegado do Acre, ele se muda para o mesmo prédio do casal, na Vila Buarque, próximo ao centro de São Paulo. Perdido entre a paranoia, o ciúme e as lembranças da adolescência nas praias de Santos na década de 1980, Oscar vaga por São Paulo esbarrando em feridas do passado e ameaças de violência que parecem sair das ruas e invadir o prédio em que mora e sua rotina morna e previsível. Narrado com engenho e precisão, ACRE mergulha o leitor numa cidade sufocante e hostil, onde preconceito, brutalidade e decadência brotam a cada esquina.

Por que publicamos

Lucrecia Zappi é uma voz potente do romance contemporâneo. Poucas vezes na cultura brasileira a relação conflituosa da classe média com a cidade foi retratada de forma tão precisa.

O autor

Lucrecia Zappi nasceu em Buenos Aires em 1972. Atualmente mora em Nova York, onde cursou mestrado em Criação Literária pela NYU. ONÇA PRETA (Benvirá), seu primeiro romance, saiu em 2013.

trecho

Trecho do livro

Sou contra a violência gratuita, mas São Paulo não pode viver assim, precisa de limpeza. Entendeu, boliviano? Fala, filhadaputa. O homem gemeu e balbuciou algo em espanhol. Em seguida, parou de se mexer. Adriano levantou e deu um chute nele. Assistir àquele cara apanhar, apavorado e magro daquele jeito, era repulsivo. Ver de perto a obsessão absoluta do Adriano em dominar até o fim uma vítima para esgotar a própria raiva era uma experiência miserável. Meu vizinho dizia que patrulhava as ruas, mas claramente aquilo não tinha nada a ver com a tal limpeza do centro que ele propunha. Pegou carona no sadismo dos outros, e agora queria [leia mais]

GÊNERO Ficção
CAPA Daniel Trench
FORMATO 135 x 20,8 x 1,8 cm
PÁGINAS 208 PESO 0,248 kg
ISBN 978-85-93828-00-3
ANO DE LANÇAMENTO 2017

O que estão falando sobre o livro

“Um grande talento narrativo. Uma autora para acompanhar com máxima atenção.”
Jorge Edwards

“A linguagem de ACRE é lírica, mas seca como um Agosto em São Paulo.”
Ruan de Sousa Gabriel, Revista Época

“Um romance delicado e cativante.”
Vinícius Guidini, Vogue

“Em seu segundo romance, a autora cria um pútrido veio subterrâneo que liga o inferno conjugal às paranoias de classe, manejando com habilidade dois planos narrativos.”
Manuel da Costa Pinto, Folha de S. Paulo

Full Squad