Uma mulher transparente,

Edgard Telles Ribeiro

Trama que revisita a história recente do país

O livro

No início dos anos 1960, um jovem repórter vê seu chefe, respeitado intelectual, com uma arma escondida na cintura. Antes que pudesse dar sentido à cena insólita, há uma comoção na rua e, da janela, ele vê o corpo de uma mulher estirado na calçada. Mesmo após duas décadas de ditadura, a cena continuará a assombrar o rapaz, e a morte do chefe acenderá novamente o mistério: por que teria ele ocultado uma arma na cintura? A partir daí, Edgard Telles Ribeiro cria uma poderosa trama que, ao se apropriar das ferramentas do mistério e do noir, revisita a história recente do país num engenhoso jogo de memória.

Por que publicamos

Livro que trata de forma envolvente das cicatrizes políticas e emocionais deixadas pela ditadura.

O autor

Jornalista, diplomata, cineasta e professor de cinema, Edgard Telles Ribeiro é autor de onze livros, entre eles o premiado OLHO DE REI. Seus romances foram publicados nos Estados Unidos, Inglaterra, Alemanha, Holanda, Espanha e Austrália.

trecho

Trecho do livro

Arrastei as pernas até um bar que frequentávamos, perto do Teatro Municipal. Guilherme se juntara a nós. Por duas vezes viramos para trás. O grupo na calçada crescia, já não dava para ver o corpo, nem o homem agachado a seu lado. À distância ouvimos uma sirene. Um carro de bombeiros logo passou por nós. — Só faltava essa — disse Herculano. — Um incêndio. Eram palavras que destoavam. De tudo, a começar pela presença daquele corpo na calçada. Como se Herculano procurasse reduzir a importância do que acabara de suceder a algo que pertencesse à rotina da cidade grande. Mas sua frase me levou a olhá-lo de lado. E a reparar que estava sem [leia mais]

GÊNERO ficção
CAPA Paula Carvalho
FORMATO 13,5 x 21 x 0,9cm
PÁGINAS 128 PESO 0,180kg
ISBN 978-85-93828-32-4
ANO DE LANÇAMENTO 2018
Full Squad